Monte Trigo: Pescadores com acesso a gelo de forma “ininterrupta, contínua e previsível” – associação

Porto Novo, 13 Set  (Inforpress) – A conservação do pescado deixou de ser uma contrariedade para os pecadores do Monte Trigo, uma comunidade piscatória isolada no interior do município do Porto Novo, que passam  a adquirir gelo de forma “ininterrupta, contínua e previsível”.

Quem o garante é a associação de classe, Agripesca, que, nesta altura, assume a gestão da casa do gelo, assegurado sem percalços esta matéria-prima do sector das pescas nessa localidade com “dezenas” de pescadores.

“A casa do gelo passa a assegurar de forma ininterrupta, contínua e previsível o acesso ao gelo a todos os pescadores de Monte Trigo”, informou essa associação, que, através de uma nota, realça o impacto do projecto na actividade pesqueira na localidade.

Essa infra-estrutura, que sofreu obras de ampliação, num investimento à volta de oito mil contos, dispõe de um sistema autónomo de produção de energia eléctrica solar fotovoltaica de 15 kWp e a instalação de máquinas novas, que resultam numa disponibilidade diária de 500 quilogramas/dia de gelo.

A casa de gelo é um dos resultados do projecto “Reforço do acesso à energia sustentável para impulsionar actividades geradoras de rendimento em Monte Trigo”, implementado pela Agripesca.

JM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos