Porto Novo: MAA equipa furos com painéis solares para reduzir custo de água – responsável

 

Porto Novo, 28 Ago (Inforpress) – O Ministério da Agricultura está a par das preocupações dos agricultores sobre o “custo elevado de água” em algumas localidades no Porto Novo, Santo Antão, estando a trabalhar para, “nos próximos tempos”, equipar os furos com painéis solares.

A garantia foi dada hoje à Inforpress pelo delegado do MAA no Porto Novo, Joel Barros, que avançou que este ministério, “consciente das dificuldades” dos agricultores nesse aspecto, tem já em curso um programa com vista ao equipamento, com sistemas fotovoltaicos, de todos os furos, neste concelho.

Os agricultores em Manuel Lopes, Poio da Ribeira dos Bodes e Ribeira Fria, onde os sistemas de bombagem de água para agricultura funcionam ainda com base em energia convencional, têm dificuldades para manter a sua actividade, devido ao “custo elevado” de água para rega.

Esses lavradores reclamam, assim, o equipamento dos furos dessas localidades com energias renováveis, com vista à redução dos custos de produção de água.

O delegado do MAA no Porto Novo anunciou que, em relação à Ribeira Fria, já foi desencadeado, no quadro do programa Poser (Promoção das Oportunidades Sócio-económicas no Meio Rural), o processo para o equipamento, ainda em 2017, do furo local, com sistema fotovoltaico.

O contrato para a execução do projecto foi já assinado entre o Conselho Regional de Parceiros (CRP) de Santo Antão, gestor do Poser, e a Associação de Desenvolvimento da Ribeira Fria e os agricultores locais vão poder, ainda este ano, adquirir a um custo reduzido.

O MAA já encomendou os estudos para o equipamento do furo de Jorge Luís, mas que em relação aos furos de Manuel Lopes e Jorge Luís já existem, também, projectos visando apetrechar, no início de 2018, essas perfurações com sistemas de produção de água, através de energia solar.

Ficam para uma fase seguinte os furos de Poio da Ribeira dos Bodes, de Lajedos da Ribeira da Cruz (segundo furo), informou este responsável, assegurando que o MAA tem um programa devidamente montado para equipar, com energias renováveis, todos os furos no concelho do Porto Novo.

Em Ribeira dos Bodes, os agricultores, além de adquirir água a um preço, que consideram “muito elevado, são ainda obrigados a pagar as taxas da RTC e da iluminação pública com a exploração do furo.

No Porto Novo, sete furos existentes em Casa de Meio, Ponte Sul, Ribeira dos Bodes, Ribeira da Cruz, Martiene e Chã de Norte foram já equipados com sistemas fotovoltaicos no quadro do Ministério da Agricultara e da cooperação descentralizada.

JM/ZS

Inforpress

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos