Porto Novo: Luz Verde do Norte incita instituições a se envolverem na reflorestação do Planalto Norte

Porto Novo, 26 Abr (Inforpress) – A Associação Luz Verde do Norte, no Planalto Norte, no município do Porto Novo, quer que as instituições locais e nacionais se envolvam em acções de reflorestação na localidade, que está a ser muito afectada pela seca.

O presidente desta associação, António Lima, a propósito da campanha de reflorestação promovida a 24 de Abri na localidade pela Empresa da Administração dos Portos (Enapor), exortou outras instituições a seguir este exemplo, promovendo acções do tipo neste planalto e em outras localidades.    

“Foi uma iniciativa de grande importância que deve ser feita por mais comunidades e instituições. Espero que esta iniciativa nos sirva de exemplo e que continuemos todos juntos para a reflorestação do Planalto Norte, para que o nosso futuro seja melhor”, notou este líder comunitário.

O Planalto Norte foi alvo, sábado, 23, de uma campanha de reflorestação, acção que assinalou o quadragésimo aniversário da Enapor, durante a qual foram fixadas 240 árvores.

Saliente-se que, em Novembro de 2021, foi lançado no Planalto Norte,   no quadro do sexto Congresso Internacional de Educação Ambiental dos Países e Comunidades de Língua Portuguesa, o embrião da primeira floresta desta localidade, uma zona muito fustigada pela seca.

A campanha de reflorestação, segundo os promotores, acabou por reforçar as acções em curso no âmbito da criação da primeira floresta do Planalto Norte, onde se situa o parque natural do Tope de Coroa, criado em 2003, o maior parque terrestre existente em Cabo Verde, com cerca de 84 quilómetros de extensão.

JM/AA

Inforpress/Fim   

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos