Porto Novo: Jovens agricultores com acesso à água a um custo baixo com equipamento de um furo com sistema fotovoltaico

Porto Novo, 15 Nov (Inforpress) – Os jovens agricultores em Casa de Meio, no município do Porto Novo, vão poder, ainda este ano, adquirir água a um custo baixo, graças ao equipamento de mais um furo nessa localidade com sistema fotovoltaico.

Os trabalhos de montagem do sistema fotovoltaico já estão na fase de conclusão, para a satisfação dos cerca de 30 jovens agricultores beneficiários, que, dentro de pouco tempo, vão poder dinamizar a actividade agrícola, com recurso à água a um custo reduzido.

Esses jovens, no quadro deste projecto que resulta de uma parceria entre o Governo de Cabo Verde, a cooperação portuguesa, Câmara Municipal do Porto Novo e o Sistema das Nações Unidas, através do  GEF (Global Environment Facility), foram contemplados com parcelas para cultivo, numa área estimada em sete hectares.

“São 30 jovens que vão ter acesso à terra, materiais de rega gota-a-gota e água para a prática da actividade agrícola”, confirmou o vereador Valter Silva, que tem representado a edilidade porto-novense neste projecto, financiado em 30 mil contos.

Segundo o representante da Associação dos Agricultores de Casa de Meio, Miguel Santos, esses jovens, além da preparação das parcelas, estão ainda a ser capacitados em práticas agrícolas sustentáveis, preparando-se para desenvolver, da melhor forma, a sua actividade.

Os jovens agricultores de Casa de Meio vão ainda receber kits de rega gota-a-gota no âmbito deste projecto que consiste, também, na construção de um centro de transformação agro-alimentar, de reservatórios de água e de redes de adução.

JM/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos