Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Porto Novo: Fundo do Turismo investe quatro mil contos na requalificação da rota de São João inaugurada hoje

Porto Novo, 21 Jun (Inforpress) – As obras de requalificação da rota de São João, no Porto Novo, Santo Antão, o percurso por onde passa a peregrinação dos fiéis, estão concluídas e são inauguradas hoje, nas vésperas da romaria, que reúne “milhares” de peregrinos.

As obras, que consistiram na criação de espaços de acolhimento dos fiéis nos principais pontos da peregrinação (Ponte Sul, Casa de Meio e Água Doce), custaram quatro mil contos, financiadas pelo Fundo do Turismo, e integram um pacote de projectos para 2019, estimado em 30 mil contos, visando a promoção turística do Porto Novo.

Ao longo da rota de São João estão colocados conteúdos e elementos das festas, que se celebram ao longo do mês de Junho, a “maior identidade cultural” do Porto Novo, elevada, em 2017, à condição de património cultural imaterial nacional e considerado “um dos principais atractivos turísticos” deste município.

A peregrinação dos fiéis, que é, para a Igreja Católica, “um momento de manifestação de fé”, acontece a 23 de Junho, com início a partir da capela de São João Baptista, na Ribeira das Patas, e termina na cidade do Porto Novo, num percurso de 22 quilómetros.

Essa romaria, que acontece todos os anos, terá começado há mais de meio século e, segundo pároco, o frei José Pires, é “qualquer coisa de extraordinária e única em Cabo Verde” e “algo que mostra a verdadeira devoção” dos portonovenses pelo seu santo padroeiro.

A imagem do santo, que é carregada sobre os ombros dos fiéis, geralmente, “pagadores de promessas”, fica na cidade do Porto Novo, mais precisamente, na antiga capela de São João Baptista, a mais antiga igreja construída no Porto Novo, há mais de um século, até 24 de Junho, regressando à Ribeira das Patas no dia 25 de Junho.

Além da rota de São João, cujo acto de inauguração é presidido pelo secretário de Estado da Educação e ex-edil do Porto Novo, Amadeu Cruz, os portonovenses desejam, também, a construção do museu das romarias, cujas obras estão suspensas, há vários anos, por falta de financiamento.

A Câmara Municipal do Porto Novo tem previsto, ainda para 2019, a requalificação da ribeira da antiga capela, sítio onde se celebra, a 24 de Junho, a missa solene em honra ao santo padroeiro e que a Igreja Católica pretende transformar no santuário de São João.

O programa alusivo às festas, que tem o seu auge nos dias 22, 23 e 24 de Junho, prossegue, esta sexta-feira, com o tradicional encontro dos emigrantes e desfile dos grupos de São João, um dos eventos mais aguardados dos festejos.

A nível musical, o cartaz deste ano tem como destaque o angolano C4 Pedro e os cabo-verdianos Dénis Graça, Nancy Vieira, Gil Semedo, Cabo Verde Show, Josslyn Medina e Blacka.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos