Porto Novo: Fiéis desejam igreja matriz e santuário de São João Baptista nas comemorações dos 120 anos da paróquia

 

Porto Novo, 13 Ago (Inforpress) – A construção da igreja matriz da cidade do Porto Novo, Santo Antão, constitui um dos desejos que os fiéis católicos gostariam de ver concretizados em 2018, por ocasião das comemorações dos 120 anos da paróquia de São Baptista.

Alguns fiéis, abordados pela Inforpress, desejam ainda, em 2018, por ocasião dos 120 anos da paróquia, a construção do santuário de São João Baptista, na ribeira da antiga capela, esta construída em 1905 (a primeira igreja edificada no Porto Novo), para, precisamente, abrigar a imagem do santo padroeiro, que antes “vivia” numa furna.

A comunidade católica no Porto Novo tem vindo a pedir a construção da igreja matriz, já que a igreja paroquial, construída em meados dos anos 70, além do seu estado de deterioração, já se mostra extremamente exígua para acolher os fiéis.

A Câmara Municipal do Porto Novo já se disponibilizou a ser parceira da Igreja Católica na organização das comemorações 120 anos da paróquia de São João Baptista, prometendo, também, apoiar na construção da igreja matriz e do santuário do São João Baptista.

O projecto da igreja matriz, que terá uma capacidade para receber 600 pessoas, já foi apresentado aos emigrantes naturais do Porto Novo, radicados na Europa, que se comprometem a apoiar na sua construção.

A paróquia de São João Baptista foi criada em 1898  e foi sediada, até 1962, em Ribeira das Patas, que, mais de meio século depois, está prestes a acolher, novamente, a sede de uma paróquia.

Com a criação do município do Porto Novo, em Setembro de 1962, a sede da paróquia de São João Baptista foi transferida para cidade do Porto Novo.

Saliente-se que, a partir de Outubro, Ribeira das Patas sediará a paróquia São João Paulo II, passando assim o concelho do Porto Novo a dispor de duas paróquias.

JM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos