Porto Novo: Exportação dos produtos agrícolas limitada à ilha do Sal devido a dificuldades de transportes

Porto Novo, 12 Ago (Inforpress) – Os produtores agrícolas no Porto Novo, Santo Antão, têm estado a enfrentar dificuldades para exportar para os mercados emergentes, limitados a enviar encomendas somente para a ilha do Sal, devido aos constrangimentos relacionados com os transportes marítimos inter-ilhas.

Alguns produtores explicaram à Inforpress que os produtos agrícolas locais, além de São Vicente, só podem ser exportados para as ilhas do Sal e Boa Vista devido ao embargo imposto aos excedentes de Santo Antão.

Entretanto, os excedentes só conseguem chegar ao mercado salense, por causa das dificuldades nos transportes marítimos para Boa Vista, esclareceu o produtor António Delgado, que se diz contra o embargo, decretado em 1984 por causa dos mil pés.

O delegado do Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA) no Porto Novo, Joel Barros, confirmou à Inforpress que, nesta altura, apenas um grupo de cinco ou seis operadores têm procurado o centro de expurgo para a preparação de encomendas somente para a ilha do Sal.

Há já alguns anos que a exportação dos produtos agrícolas “made in” Porto Novo tem sido limitada somente à ilha do Sal, segundo dados do próprio centro de expurgo, que, segundo o delegado do MAA, tem estado a funcionar “de forma residual”, com cinco ou seis operadores.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos