Porto Novo: Em perspectiva novos investimentos na dessalinização em 2022 para consumo público e agricultura

Porto Novo, 30 Jan (Inforpress) – O município do Porto Novo deverá receber ao longo deste ano de 2022 novos investimentos na dessalinização de água para o abastecimento à população e agricultura, cujo volume andará à volta dos 3.525 metros cúbicos por dia.

O maior investimento neste domínio estará a cargo da empresa Aquasun Energia e Água, que se prepara para instalar em 2022 neste concelho uma dessalinizadora da água do mar com capacidade para 3.500 metros cúbicos por dia, para irrigar 78 hectares de terrenos agrícolas nos perímetros da Casa de Meio e Ponte Sul.

A instalação desta dessalinizadora faz parte do projecto agro-industrial de Sanyo Antão já anunciado por esta empresa num investimento de mais de dois milhões de contos, a que a Inforpress teve acesso, o qual inclui ainda a montagem uma usina solar fotovoltaica de grande escala com 6,8 MWp de capacidade.

Este projecto que estará presente a 04 de Fevereiro, no Cabo Verde Investment Forum, na Expo 2020 de Dubai, será o maior investimento privado uma vez implementado em Santo Antão, beneficiando 200 famílias (840 pessoas) e criando 300 empregos.

Um outro investimento no sector de dessalinização em carteira para Porto Novo no decurso deste ano vai localizar-se em Monte Trigo, no interior do município do Porto Novo, e deverá rondar os 50 mil contos.

Trata-se de um investimento público, financiado pelo Governo de Cabo Verde, que consiste na instalação de uma unidade de dessalinização com capacidade de produção de 25 metros cúbicos de água por dia para o abastecimento dos quase 400 habitantes desta aldeia.

A dessalinizadora, que vai ser instalada “em breve”, segundo uma nota da equipa encarregada de executar as obras, está inserida num projecto integrado para Monte Trigo, que inclui ainda o reforço da central fotovoltaica e construção de uma rede de esgotos.

JM/CP

Inforpress/Fim  

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos