Porto Novo: Edilidade recorre a kits solares para atenuar falta de energia eléctrica nos pequenos povoados

 

Porto Novo, 18 Dez (Inforpress) – A instalação de kits individuais de energia solar é uma das vias encontradas pela edilidade porto-novense para atenuar a falta de luz eléctrica em alguns povoados no interior do município do Porto Novo, em Santo Antão.

Este domingo, foram inaugurados os dois primeiros kits solares em Cabouco de Alecrim, interior do concelho, que beneficiam duas famílias numerosas, as quais, a partir de água, passam a dispor de luz eléctrica, de forma ininterrupta.

Segundo o presidente da Câmara Municipal do Porto Novo, além de Cabouco de Alecrim, outros povoados, como Bolona, Pascoal Alves e João Bento, onde residem perto de 50 famílias, vão poder beneficiar desse tipo de iniciativas, que visam superar a falta de energia eléctrica nesses sítios.

O município do Porto Novo é conhecido pela experiência, considerada “muito boa”, em alguns domínios das energias renováveis para electrificação de comunidades e bombagem de água para consumo e para a agricultura.

Uma das experiências bem sucedidas, já desenvolvidas no Porto Novo, no domínio das energias renováveis, aconteceu em Monte Trigo, um comunidade piscatória, isolada no interior deste concelho, que, desde 2012, foi electrificada com base em energia solar.

Foi uma das primeiras iniciativas implementadas em Cabo Verde em matéria de energias renováveis, com grande impacto na melhoria das condições de vida das populações.

Além do Monte Trigo, onde residem 75 famílias (quase 300 habitantes), também Chã de Feijoal, com 18 famílias, possui, desde 2015, energia eléctrica disponibilizada por um sistema fotovoltaico.

JM/JMV

Inforpress/fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos