Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Porto Novo: Edilidade precisa de quatro a cinco mil contos para proteger as casas em Monte Trigo – responsável

Porto Novo, 07 Jul (Inforpress) – A edilidade porto-novense precisa de quatro a cinco mil contos para a reconstrução do muro de protecção das casas em Monte Trigo, no interior do concelho do Porto Novo, em Santo Antão.

A informação foi avançada pelo delegado municipal do Tarrafal do Monte Trigo, Arlindo Santos, que reconheceu a “urgência” na reconstrução do muro, antes do período das chuvas, tendo em conta o risco que as famílias correm de perder as suas habitações.

Arlindo Santos admite que existe “um sério risco” de se perder as habitações em Monte Trigo, caso o muro, destruído no ano transacto, pelas cheias, não seja reconstruído “antes das próximas chuvas”.

A reconstrução do muro, segundo este responsável, é uma preocupação da Câmara Municipal do Porto Novo, que pretende “o mais brevemente possível” realizar essa obra, estando a mobilizar o financiamento para o efeito, junto do Governo.

O muro de protecção da zona de Monte Trigo foi destruído, em Setembro de 2020, pelas cheias e, desde essa data, a população local tem pedido, insistentemente, às “autoridades competentes” a reconstrução dessa vedação, já que “muitas casas ficaram desprotegidas”.

A representante da comunidade, Rosa Miranda, disse que as famílias em Monte Trigo estão “muito preocupadas” com a demora na reconstrução desse muro “tendo em conta a aproximação da épica das chuvas”, alertando para o facto de “muitas casas” estarem em perigo.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos