Porto Novo: Edilidade investe 19 mil contos nas festas de São João que têm como cabeça de cartaz Iuri da Cunha

Porto Novo, 17 Mai (Inforpress) – Dezanove mil contos é o montante que a Câmara Municipal do Porto Novo vai investir, este ano, nas festas de São João neste concelho (24 de Junho), que tem como cabeça de cartaz o artista angolana Iuri da Cunha.

Do cartaz destas festas, que vão ser celebradas sob o slogan “Sonjon nôs património cultural”, constam ainda os nomes dos Livity, Djodji, LG, Bulimundo, Jeniffer Dias e Cordas do Sol.

O edil do Porto Novo, falando à imprensa hoje, no lançamento do programa das festas, que homenageiam as coladeiras de São João, justificou o facto de a edilidade investir 19 mil contos (mais dois mil contos do que em 2017) na promoção desta manifestação cultural por ser, a seu ver, o “ maior acontecimento ” que se realiza neste município, “com retorno imediato para economia local”.

As festas de São João, que este ano vai movimentar Porto Novo entre os meses de Maio e Junho, já decorrem com as actividades religiosas, mais precisamente com o início da peregrinação da imagem do santo padroeiro pelas diferentes comunidades.

A romaria dos milhares de fiéis entre Ribeira das Patas e cidade do Porto Novo, transportando, aos ombros, a imagem do santo, o desfile dos grupos de São João, a corrida de cavalos e a feira dos produtos agro-pecuários são outros destaques das festas deste ano, que acontecem seis meses depois da elevação dessa manifestação popular a património imaterial nacional.

O Ministério da Cultura e Indústrias Criativas já está a trabalhar com a câmara do Porto Novo na criação das condições com vista à elevação destas festas ao Património Cultural da UNESCO.

A montagem do museu de São João é outro projecto que está a ser implantado pela edilidade, em parceria com o MCIC, no quadro da estratégia de classificação das festas a património cultural da humanidade.

JM/JMV

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos