Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Porto Novo: Edilidade acredita que projecto agrícola vai fixar jovens em Casa de Meio

Porto Novo, 27 Mar (Inforpress) – A edilidade portonovense acredita que o projecto agrícola da Casa de Meio, financiado através da cooperação portuguesa, em 30 mil contos, vai contribuir para a fixação dos jovens nessa localidade do interior do Porto Novo, Santo Antão.

O projecto, lançado em Dezembro, contempla 30 jovens dessa zona que, nos próximos dois anos, vão poder desenvolver uma actividade agrícola, com a exploração de sete hectares de terrenos, doados pelo Estado de Cabo Verde.

Conforme o vereador da câmara do Porto Novo Valter Silva, que coordena o projecto, está-se perante um projecto de desenvolvimento agrícola que vai fixar 30 jovens em Casa de Meio, com uma actividade e rendimentos.

O projecto destinado a jovens agricultores da Casa de Meio, que decorre a “um bom ritmo, foi promovido pela Associação para a Defesa do Património de Mértola (ADPM), Portugal, com financiamento da cooperação portuguesa, e tendo ainda como parceiros a edilidade portonovense e o Governo de Cabo Verde.

Consiste na atribuição, por parte do Estado de Cabo Verde, de uma área de mais de sete hectares de terrenos a 30 jovens agricultores, que vão poder desenvolver uma actividade produtiva e criar o seu próprio emprego.

A instalação de um centro de transformação agro-alimentar, o equipamento de um furo com painéis solares são outras componentes deste projecto, que, nesta altura, incide na despedrega das parcelas.

Para os responsáveis municipais, este é um dos projectos que deveriam ser multiplicados um pouco pela ilha de Santo Antão, que está a perder a sua população.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos