Porto Novo: Edil garante que se está “a trabalhar” para o município ter “melhor saneamento”

Porto Novo, 16 Dez (Inforpress) – O Governo e a câmara do Porto Novo, Santo Antão, estão “a trabalhar” para que este município tenha “melhor saneamento”, no quadro dos investimentos previstos, já a partir de 2020, neste domínio, segundo o edil portonovense, Aníbal Fonseca.

Os munícipes têm manifestado a sua preocupação face aos problemas que Porto Novo enfrenta a nível do saneamento, com maior incidência na gestão dos resíduos líquidos (esgotos), mas o autarca augura “melhores dias” neste aspecto, graças ao projecto de água e saneamento para Santo Antão.

Já em 2020, Porto Novo vai ser contemplado com um investimento na melhoria de saneamento à volta de 53 mil contos, anunciado pelo Governo.

A rede de esgotos na cidade do Porto Novo, já obsoleta, consegue cobrir apenas 20 por cento (%) desta urbe, com dez mil pessoas, encontrando-se saturada há vários anos.

No âmbito do projecto de água e saneamento para Santo Antão, prevê-se uma “reestruturação profunda” de  todo o sistema de saneamento neste município, com a ampliação da rede de esgotos, em cerca de 12 quilómetros, e instalação de uma estação de tratamento de águas residuais (ETAR).

Com duração de três anos, o projecto de água e saneamento de Santo Antão, lançado há três meses, é co-financiado, em 12 milhões de dólares (quase um milhão e duzentos mil contos), pelo Banco Árabe para o Desenvolvimento em África (Badea) e pelo Governo de Cabo Verde.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos