Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Porto Novo: Edil admite falta de qualidade de água consumida em Monte Trigo

 

Porto Novo, 05 Jun (Inforpress) – A água consumida em Monte Trigo, interior do Porto Novo, “não tem as qualidades desejadas”, admite o edil porto-novense, partilhando a preocupação da população local sobre a má qualidade da água destinada ao consumo público, nessa comunidade.

Para o presidente da Câmara Municipal do Porto Novo, Aníbal Fonseca, fazer com que os quase 300 habitantes do Monte Trigo tenham a possibilidade de consumir uma água potável constitui “um grande desafio”, para a edilidade, que procura, em parceria com outras instituições sociais neste concelho, resolver os problemas que ainda afligem essa aldeia.

Além da má qualidade da água, há ainda o problema da saúde no Monte Trigo, cujos habitantes reivindicam a presença regular de médicos nessa zona encravada.

Trimestralmente, a Delegacia de Saúde do Porto Novo envia uma equipa médica para essa localidade que apenas dispõe de um agente sanitário.

Segundo a presidente da associação local, Maria Miranda, nessas visitas a maioria das pessoas não consegue uma consulta, pelo que defende a presença mais regular de médicos nessa comunidade.

A água que está a ser consumida em Monte Trigo, proveniente de nascente, tem prejudicado a saúde das pessoas, segundo Osvaldo Santos, porta-voz da população, que avisou que essa água “não é pura, causa problemas de saúde às pessoas e impede as crianças de aprenderem ler e escrever”.

Conforme Osvaldo Santos, há estudos que provam que água consumida em Monte Trigo possui níveis de flúor acima de normal e permitido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), causando problemas de saúde à população local, nomeadamente nos ossos, dentes e dificulta a aprendizagem dos alunos.

Segundo os habitantes, o problema é já do conhecimento das autoridades municipais e sanitárias, bem assim da Agência Nacional de Água e Saneamento (ANAS).

A edilidade porto-novense, em 2015, instalou, em parceria com a associação dos Amigos de Monte Trigo na Alemanha, um sistema de filtragem da água nessa zona, cuja qualidade continua a constituir uma preocupação da comunidade local.

JM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos