Porto Novo: Dificuldades de transporte de equipamentos atrasam resolução do problema de água para agricultura em Ribeira da Cruz

 

Porto Novo, 03 Jul (Inforpress) – A Sociedade de Engenharia Rural e Floresta (Sonerf) tem enfrentado dificuldades no transporte dos equipamentos para o furo em Ribeira da Cruz, no Porto Novo, situação que está a atrasar a reposição do fornecimento de água para agricultura nessa localidade.

O responsável da Sonerf em Santo Antão, Euclides Morais, confirmou que falta ainda instalar a bomba no furo em Ribeira da Cruz, equipamento que ainda não chegou a Santo Antão, proveniente da Cidade da Praia, devido a problemas de transporte.

Esse equipamento deveria, inicialmente, chegar a Ribeira da Cruz semana passada, segundo este responsável, que disse acreditar que, nesta primeira semana de Julho, a bomba chegue a Santo Antão, para que o furo comece a disponibilizar agua para a irrigação em Ribeira da Cruz.

A situação de penúria de água para agricultura em Ribeira da Cruz, por que passam os agricultores, nos últimos meses, deveria ficar ultrapassada até “meados de Junho”, segundo a previsão do Ministério da Agricultura e Ambiente(MAA).

No quadro do programa de emergência para Santo Antão, na sequência das cheias de Setembro de 2016, Ribeira da Cruz foi contemplada com dois furos, um dos quais já executado, estando o segundo em fase de execução.

Entretanto, para a operacionalização do primeiro furo falta ainda a instalação da bomba que ainda se encontra na Cidade da Praia, à espera de ser transportada para Santo Antão.

Os agricultores dizem-se “ansiosos” a aguardar pela restabelecimento do fornecimento de água para a rega em Ribeira da Cruz, retomando assim a dinâmica no sector agrícola local.

No âmbito do programa de emergência Para Santo Antão, o concelho do Porto Novo foi contemplado com 130 mil contos, montante que, além da execução e equipamentos de dois furos em Ribeira da Cruz, contempla ainda reconstrução de infra-estruturas hidráulica e terrenos agrícolas em outros vales deste município.

O MAA diz-se “satisfeito” com o andar das obras e reafirma a “urgência” na resolução da questão de água para a agricultura em Ribeira da Cruz, que enfrenta uma situação crítica nesse aspecto.

“Há uma urgência enorme para se pôr o primeiro furo a funcionar para restabelecer o fornecimento de água aos agricultores em Ribeira da Cruz”, avançou o delegado do MAA no Porto Novo, que faz “avaliação positiva” do andamento do programa de emergência, a concluir-se em Setembro.

JM/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos