Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Porto Novo: Dificuldades na conservação do pescado em Monte Trigo resolvidas em Fevereiro

Porto Novo, 19 Jan  (Inforpress) –  As dificuldades de conservação do pescado em Monte Trigo, Porto Novo, ficarão resolvidas a partir de Fevereiro, ou o mais tardar até Março, data em que a casa de gelo dessa comunidade piscatória retomará a sua actividade.

A informação foi avançada pelos promotores do projecto, que já está na fase de conclusão, no âmbito do qual a unidade de conservação do pescado da comunidade piscatória, encerrada há quase um ano, está a ser equipada com um sistema foto voltaico solar com 15 kwp de potência e com mais uma máquina de gelo de 500 quilogramas.

Trata-se de um investimento de dez mil contos, que vai duplicar a capacidade de conservação do pescado nessa aldeia piscatória, no quadro do Projecto Reforço do Acesso à Energia Sustentável para Monte Trigo, uma das principais zonas piscatórias do município do Porto Novo.

Este projecto resulta de uma parceria entre a Associação de Desenvolvimento de Monte Trigo (Agripesca), a Câmara Municipal do Porto Novo, o Programa Global Environment Facility-Cabo Verde (GEF), o Fundo do Turismo e Águas de Ponta Preta.

Os 30 pescadores locais acreditam que o projecto vai impulsionar as pescas em Monte Trigo, já que o problema de conservação do pescado, que tem afectado, há cerca de um ano, a actividade pesqueira local, ficará, finalmente, ultrapassado já a partir de Fevereiro.

JM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos