Porto Novo: Deputados do MpD defendem necessidade de um programa para a promoção de emprego público

Porto Novo, 18 Nov (Inforpress) – Os deputados nacionais do Movimento para a Democracia (MpD), eleitos pelo círculo de Santo Antão, defenderam hoje a necessidade de um programa para a promoção do emprego público no município do Porto Novo.

Da avaliação do ano agrícola neste concelho, os deputados do MpD, que se encontram de visita ao seu círculo eleitoral, constataram que “não obstante muita chuva” registada este ano, “a produção de grãos” a nível de sequeiro foi “praticamente nula”.

Razão pela qual, exorta o porta-voz dos parlamentares, Damião Medina, “haverá essa necessidade de um programa para a promoção de emprego público para atender algumas comunidades rurais que dependem, essencialmente, da agricultura de sequeiro”.

Os deputados defendem ainda o apoio aos criadores de gado na disponibilidade de água e apoio na compra de ração, sobretudo da cintura da cidade do Porto Novo.

O delegado do Ministério da Agricultura e Ambiente no Porto Novo, Joel Barros, faz uma “avaliação boa” do ano agrícola neste concelho, onde o pasto para o gado está “salvaguardado”.

Conforme Joel Barros, a avaliar pela produção do pasto e pela recarga dos aquíferos, o ano agrícola no município do Porto Novo é já considerado “positivo”, mesmo perante a questão de pragas, que condicionou a produção do milho e do feijão.

Apesar de, “neste ano, ter chovido muito” no Porto Novo, “nem sequer um terço dos terrenos agrícolas de sequeiro em todo o concelho foram cultivados”, avançou este responsável.

JM/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos