Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Porto Novo: Delegacia de Saúde garante ter aumentado frequência das deslocações médicas a Monte Trigo

Porto Novo, 15 Nov (Inforpress) – A Delegacia de Saúde do Porto Novo garantiu hoje ter aumentado o número de deslocações dos médicos a Monte Trigo, uma aldeia piscatória encravada no interior do concelho para acompanhar sobretudo os doentes crónicos.

O delegado de Saúde, Carlos Dias, explicou que antes os médicos se deslocavam a Monte Trigo semestralmente, tendo, este ano, esta frequência passado a trimestral.

A última visita médica a esta comunidade, com duas dezenas de doentes crónicos, ocorreu há menos de um mês.

O responsável falava à Inforpress a propósito das reclamações dos habitantes do Monte Trigo quanto à necessidade das estruturas de saúde no Porto Novo reforçarem a presença médica nessa zona.

Por ser uma localidade isolada “fica difícil” para a população deslocar-se à zona vizinha do Tarrafal, por causa dos “elevados custos”, para uma consulta médica, explicou a presidente da associação comunitária, Rosa Miranda.

A deslocação faz-se em botes e custa quatro mil escudos, razão pela qual a líder comunitária tem estado a pedir às autoridades de Saúde para reforçarem as visitas médicas a este povoado, com quase 400 habitantes.

“É por esta e outras razões que queremos uma estrada para Monte Trigo, aliás, prometida pelo Governo”, notou a responsável.

No caso do Tarrafal, onde há cerca de 70 doentes crónicos, as visitas médicas passaram a ser feitas todos os meses, informou o delegado de Saúde, lembrando que “antes as visitas aconteciam de três em três meses”.

O município do Porto Novo possui seis médicos e 28 enfermeiros para uma população de quase 16 mil pessoas.

JM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos