Porto Novo: Cooperativa das Mulheres Empreendedoras produz 2000 máscaras no âmbito do projecto “Superar”

Porto Novo, 13 Jan (Inforpress) – A Cooperativa das Mulheres Empreendedoras do Porto Novo, Santo Antão, concluiu já a produção de dois mil máscaras comunitárias no quadro do projecto “Superar”, promovido pela Associação para a Defesa do Património de Mértola (Portugal).

Uma nota desta associação portuguesa explica que estas máscaras constituem “mais um importante contributo” deste projecto com vista a “responder às necessidades de protecção individual dos empresários em contacto com o público”.

Trata-se de um actividade enquadrada no âmbito do projecto “Superar” a pandemia de covid-19 na ilha de Santo Antão, que tem permitido a criação de uma linha de máscaras comunitárias para distribuir, sobretudo, aos operadores económicos.

Segundo esta associação, o propósito é fazer com que o maior número de empresários nesta ilha tenha acesso a equipamentos de protecção “face ao actual contexto da pandemia” no País.

O projecto “Superar”, que abrange ainda as ilhas de São Vicente e do Maio, é co-financiado pelo Instituto Camões e que conta ainda com a parceria das associação Mundo Verde e do Instituto de Turismo de Cabo Verde, além das câmaras municipais de Santo Antão.

O mesmo consiste no apoio na adopção de medidas para enfrentar a covid-19 em Cabo Verde, ajudando os operadores turísticos a enfrentarem as dificuldades com que se deparam actualmente

O projecto, com duração de um ano, vai permitir às empresas e aos operadores turísticos a enfrentarem “as dificuldades” criadas pela pandemia de covid-19 e retomarem “de forma segura” as suas actividades, segundo os promotores, refere ainda a nota.

JM/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos