Porto Novo: Celebração eucarística e procissão marcam hoje o dia do santo padroeiro

Porto Novo, 24 Jun (Inforpress) – Porto Novo celebra hoje o dia de São João Baptista, santo padroeiro, marcado com celebração eucarística na ribeira da antiga igreja, presidida pelo vigário episcopal da Diocese do Mindelo, Paulo Vaz, seguida de procissão.

A missa em honra ao santo padroeiro, com a presença entidades públicas, constitui o ponto alto de um vasto programa religioso à volta de São João, que conheceu na quinta-feira, 23, um dos momentos altos com a peregrinação da imagem do santo padroeiro.

Os fiéis, aos milhares, transportaram aos ombros a imagem de São João num percurso de 23 quilómetros, entre Ribeira das Patas e cidade do Porto Novo.

O programa prossegue hoje, 24, com a missa solene em honra ao santo padroeiro, celebrada na ribeira da antiga igreja, para muitos, “o santuário de São João” e “a raiz do Porto Novo”.

Na ribeira da antiga igreja foi construída, em 1905, a primeira capela deste concelho para abrigar a imagem de São João, que antes “vivia” numa gruta à guarda da anciã Mãe Maia (Mê Maia), figura lendária do século 19, que foi a “guardiã” do santo padroeiro.

As festas de São João, cuja imagem terá chegado a Cabo Verde no século 17 (1616), passaram a ser celebradas no Porto Novo no século 19 (1898), com a criação da paróquia local, com sede nessa altura na Ribeira das Patas.

A sede da paróquia foi transferida para a então vila do Porto Novo em 1962, com a criação do concelho do mesmo nome pelo ministro do Ultramar, Adriano Moreira, através do diploma legislativo ministerial publicado no Boletim Oficial de Cabo Verde número 35, de 02 de Setembro de 1962.

As festividades de São João no Porto Novo foram elevadas, em 2013, à condição de património cultural imaterial municipal e, em 2017, à categoria de património cultural imaterial nacional.

O dia do santo padroeiro foi marcado ainda por um leque variado de actividades culturais, destacando a primeira edição da ‘morna fest«, o lançamento de várias obras literárias e o tradicional desfile dos grupos de romaria.

A nível musical, o destaque vai para os espetáculos/bailes no antigo estádio municipal com presença dos Tubarões, Cordas do Sol, Kino Cabral, Dynamo, Ceusany, Josslyn Medina, entre outros.

O desporto esteve também em destaque nas festividades, com a realização da corrida de cavalos e das tradicionais provas de atletismo e do ciclismo.

Numa mensagem dirigida aos munícipes, o presidente da camara municipal, Aníbal Fonseca, diz-se “grato por poder estar a partilhar com Porto Novo esses momentos de exaltação do município”.

“Deixo também uma mensagem aos porto-novenses para que se sintam orgulhosos, cada vez mais, do nosso município e que participem todos, cada um de acordo com as suas possibilidades, no processo de desenvolvimento do nosso município”, notou.

O autarca deixa ainda “uma mensagem de confiança” no futuro do Porto Novo.

“Estamos aqui com uma missão para contribuir para o desenvolvimento deste concelho, transformar Porto Novo num município inclusivo e desenvolvido para todos sem deixar ninguém para trás, mas é uma tarefa de todos nós. Sejam todos parte deste processo”, disse Aníbal Fonseca.

JM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos