Porto Novo/Casa de Meio: Mulheres do Centro agro-alimentar começam a ter rendimentos com venda de produtos

Porto Novo, 26 Mai (Inforpress) – O grupo de mulheres que dinamiza o centro agro-alimentar “José Lima” em Casa de Meio, Porto Novo, Santo Antão, começa a ter rendimentos com a comercialização dos produtos, que já estão a ser confeccionados neste espaço.

Otelina Medina, agricultora e uma das mulheres que beneficiam deste centro, instalado no âmbito do projecto “Jovens agricultores da Casa de Meio”, co-financiado pela cooperação portuguesa, explicou que estão a ser produzidos licores diversos e temperos verdes, que já gozam de “boa aceitação” por parte dos clientes.

Isso faz com que as mulheres que beneficiam deste centro estejam já a obter algum rendimento, adiantou a mesma fonte, que enaltece o impacto que este espaço já está a ter na vida das mulheres da Casa de Meio.

Este centro, segundo os promotores, foi instalado para combater a pobreza e promover a segurança alimentar no seio das famílias em Casa de Meio.

A transformação agro-alimentar tem sido uma aposta das mulheres no município do Porto Novo, que tem sido uma forma de se obter rendimentos, existindo já unidades em Casa de Meio, Lajedos, Ribeira das Patas, Ribeira da Cruz e em Águas das Caldeiras.

Está na forja a criação de mais uma unidade em Alto Mira, também numa iniciativa das mulheres locais.

JM/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos