Porto Novo: Autarquia deseja parceria das Ordens dos Engenheiros de Cabo Verde e de Portugal no planeamento urbano

Porto Novo, 09 Nov (Inforpress) – A edilidade porto-novense manifestou, terça-feira, o desejo de contar com a parceria das Ordens dos Engenheiros de Cabo Verde e de Portugal com vista a um melhor planeamento urbano da cidade do Porto Novo, em Santo Antão.

Uma delegação das Ordens dos Engenheiros de Cabo Verde e de Portugal esteve, terça-feira, no Porto Novo, onde foi recebida pelo presidente da Câmara Municipal do Porto Novo, Aníbal Fonseca, uma oportunidade para o autarca “apresentar à classe dos engenheiros alguns desafios que o maior município de Santo Antão ainda enfrenta”, refere uma nota da autarquia.

Durante a visita discutiu-se a possibilidade da câmara municipal e as Ordens dos Engenheiros de Cabo Verde e Portugal cooperarem, tendo manifestado o interesse em firmar um protocolo para intercâmbios e troca de experiência, refere a mesma fonte, realçando os “grandes desafios” que se colocam à cidade do Porto Novo a nível do planeamento urbano.

“Tratando-se de uma cidade em crescimento, Porto Novo tem desafios grandes a nível do planeamento urbano, mas ainda assim, as áreas técnicas da arquitectura, urbanismo e engenharia estão a merecer toda a atenção da câmara municipal”, adianta a nota.

Um dos grandes desafios que se colocam a esta urbe, reconhece a autarquia, tem que ver com a requalificação urbana e ambiente, domínio em que se tem feito, nos últimos anos, “muitos investimentos”, mas ainda muitos bairros continuam por requalificar, como são os casos de Chã de Matinho, Alto São Tomé, Berlim, Abufadouro de Baixo, Lajedim, Alto Miradouro.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos