Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Porto Novo: Autarca constata uma “boa dinâmica” da retoma do turismo nas últimas semanas

Porto Novo, 16 Nov (Inforpress) – O município do Porto Novo, em Santo Antão, está a ter, há algumas semanas uma “boa dinâmica” no sector do turismo, com a escala de vários navios de cruzeiro, com centenas de turistas a bordo.

Quem o diz é o vereador pela área económica da edilidade porto-novense, Valter Silva, que diz constata que, ultimamente, “já uma boa dinâmica da retoma do turismo em Santo Antão, mas, sobretudo, no concelho do Porto Novo”.

Isso se deve à vinda de grupos de turistas para a prática de trekking (caminhada), mas também à escala de vários navios de cruzeiro, “sinais” que, a seu ver, têm encorajado os operadores e todo o município do Porto Novo.

“Temos acompanhado, muito de perto, esta tendência, através dos serviços do turismo do município”, adiantou este autarca.

Nesta retoma do turismo de cruzeiros, Porto Novo recebeu, desde meados Outubro, cinco escalas de navios de cruzeiro, estando previsto, para Dezembro, mas uma escala, gerando neste município e na ilha de Santo Antão, uma grande movimentação de turistas, conforme constatou a Inforpress.

As autoridades municipais exortam, por isso, o Governo a “acelerar, sem qualquer tipo reserva, a carteira de projectos” já identificados pelos municípios de Santo Antão e submetidos, recentemente, ao Banco Mundial.

“Esta é altura de fazermos as coisas acontecerem e de não ficarmos na velha máxima dos estudos”, no entender de Valter Silva, que responde pelo pelouro da promoção económica.

A decisão do Banco Mundial quanto ao financiamento de projectos submetidos pelo município do Porto Novo, no quadro do próximo pacote de investimentos para o turismo, poderá ser anunciada até Dezembro, acreditam os responsáveis locais.

A autarquia, conforme o presidente da câmara municipal, apresentou ao Banco Mundial o conjunto de projectos, de entre eles a requalificação de 50 quilómetros de percursos turísticos (caminhos), a requalificação da orla marítima do Tarrafal de Monte Trigo, da frente marítima do Porto Novo e da zona balnear de Curraletes.  

Os porto-novenses enaltecem, também, a “dinâmica” que o turismo está a ganhar neste concelho, mas entendem que Porto Novo deve se “preparar, convenientemente, para o turismo”.

Conforme alguns munícipes, não faz sentido um cruzeiro escalar Porto Novo e os turistas ficarem “à deriva”, à procura de algo de interesse, aconselhando os operadores económicos a promoverem feiras e levar os artesãos locais a produzirem peças de artesanato para vender.

JM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos