Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Porto Novo: Associações de agricultores insistem na “urgência” dos investimentos nas bacias hidrográficas

Porto Novo, 02 Jun (Inforpress) – As associações de agricultores no concelho do Porto Novo, em Santo Antão, insistem na “necessidade e urgência” de se avançar com os investimentos nas bacias hidrográficas, sobretudo na mobilização de água para a agricultura.

Trata-se das bacias hidrográficas da Ribeira das Patas e Jorge Luís/Ribeira da Cruz, cujas associações clamam pelo arranque dos projectos de reordenamento, que têm vindo a ser adiados nos últimos anos, os quais incidem na mobilização de água, recuperação de terrenos agrícolas e correcção torrencial.

A Associação para o Desenvolvimento Integrado da Ribeira das Patas incita o Governo a apostar na mobilização de água para agricultura nesse vale, que, segundo estudos já realizados, dispõe de um potencial em termos de recursos hídricos estimado em cinco milhões de metros cúbicos de água.

Apenas 27 por cento (%) desse potencial é explorado, actualmente, razão pela qual o presidente desta associação, Arlindo Delgado, defende a aposta na mobilização de água na Ribeira das Patas, com vista ao relançamento do sector agrícola nessa zona.

Na bacia hidrográfica de Jorge Luís/Ribeira da Cruz, o representante dos agricultores, Jair Fernandes, avança que o reordenamento desse vale representa a “principal reclamação” dos lavradores dessa localidade, que aguardam com “expectativa” pelos investimentos prometidos, sobretudo na mobilização de água.

Além de mobilização de água, os investimentos em perspectiva abarcam ainda a recuperação de terrenos agrícolas, correcção torrencial, recuperação de captações, construção de reservatórios e instalação de rega gota-a-gota.

São investimentos que, segundo este responsável, vão ter “grande impacto” no sector agrícola nessa bacia hidrográfica.

O Ministério da Agricultura e Ambiente garante estar a mobilizar os financiamentos para a realização dos projectos identificados no quadro do ordenamento das bacias hidrográficas no Porto Novo, devendo priorizar intervenções nas sub-bacias de Catano/Lagoa (Ribeira das Patas) e de Miguel Pires (Jorge Luís). 

JM/ZS

Inforpress/Fim  

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos