Porto Novo: Artistas garantem adesão à manifestação pela “sobrevivência” da classe

Porto Novo, 14 Jan (Inforpress) – Os artistas porto-novenses vão marchar, esta quinta-feira, pelas ruas da cidade do Porto Novo, Santo Antão, juntando-se assim à manifestação nacional dos agentes culturais que reivindicam a criação do estatuto profissional do artista e do agente cultural.

O porta-voz, Luís Rodrigues, explica que a manifestação, cuja concentração acontece às 16:00 frente ao edifício dos Paços do Concelho, realiza-se em “prol do direito ao trabalho” dos artistas e constitui “uma forma de solidariedade à classe que muito tem contribuído para a promoção” do País.

“Queremos a criação de uma linha de emergência para a cultura e indústrias criativas, do estatuto profissional de artista e agente cultural e do estatuto de utilidade pública às entidades promotoras de bens e serviços culturais”, adiantou este músico.

Os artistas reclamam ainda um subsídio de sobrevivência aos trabalhadores informais do sector, a criação de uma linha de crédito bonificado para empresas no ramo e isenção de taxas de impostos.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos