Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Porto Novo/Ano Agrícola: Plano de mitigação da seca arranca com programa de bonificação da ração a 30%

Porto Novo, 16 Nov (Inforpress) – Os criadores de gado no município do Porto Novo começam, esta semana, a adquirir ração animal com 30 por cento (%) de bonificação, medida que marca o arranque do programa de mitigação da seca em Santo Antão. 

O delegado do Ministério da Agricultura (MAA) no Porto Novo, Joel Barros, precisou à Inforpress que, já a partir de sexta-feira, 19, os criadores podem se dirigir aos serviços deste ministério para receber as suas credenciais que os permitem comprar a ração com 30% de desconto.

“As condições estão a ser criadas para, já a partir da sexta-feira, os criadores comecem a comprar ração a um preço reduzido, ou seja, com bonificação de 30%, em vez de 20% como acontecia antes”, notou este responsável, realçando o impacto desta medida num concelho onde a pecuária é “um sector relevante” da economia.

Em relação ao fornecimento de água, Joel Barros explicou que este não constitui uma actividade programada pelos serviços locais do MAA, com um cronograma estabelecido, sendo que o serviço é prestado aos criadores em função do pedido dos mesmos.

“Não temos um programa de fornecimento de água aos criadores, com um cronograma. O serviço é prestado em função do pedido dos criadores”, notou Joel Barros, explicou, porém, que por se tratar de um serviço bonificado (75%), há muita solicitação dos pastores, que o MAA não consegue atender atempadamente.

Por isso, explicou, há criadores que passam, às vezes, algum tempo à espera que a viatura autotanque do MAA atenda aos seus pedidos, mas que não existe um programa estabelecido de levar água à classe, que pode, também, recorrer a autotanques privados.

Todavia, se a delegação deste ministério tivesse mais uma viatura “teria melhor capacidade de resposta” às solicitações dos criadores, num concelho onde a pecuária é “um sector relevante”, reconheceu a mesma fonte.

A associação dos criadores de gado deste concelho tem estado a apelar ao Governo para afectar Porto Novo com mais uma viatura autotanque para apoiar os 500 criadores locais no transporte de água, que, em caso de privado, fica até três vezes mais caro.

Todos os concelhos de Santo Antão, a enfrentar cinco anos de seca consecutivos, vão ser contemplados com o programa de mitigação da seca, que, nesta fase, abrange ainda as ilhas de São Vicente, São Nicolau e Fogo, além do concelho da Ribeira Grande de Santiago. 

JM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos