Search
Generic filters
Filter by Categories
Ambiente
Cooperação
Cultura
Economia
Internacional
Desporto
Politica
Sociedade

Porto Novo: Água para irrigação aumenta em Chã de Branquinho com recuperação da barragem subterrânea

 

Porto Novo, 13 Jun (Inforpress) – A disponibilidade de água para a irrigação em Chã de Branquinho, interior do concelho do Porto Novo, aumentará, “dentro de pouco tempo”, com a conclusão dos trabalhos de recuperação da barragem subterrânea, dessa localidade.

A barragem de Chã de Branquinho, com capacidade de mobilização de 350 mil metros cúbicos de água/ano, foi assoreada durante as cheias de Setembro de 2016, estando, nesta altura, a ser recuperada no quadro do programa de emergência para Santo Antão, em andamento há seis meses.

Segundo apurou a Inforpress junto dos serviços do Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA) no Porto Novo, os trabalhos de recuperação dessa barragem decorrem “dentro da normalidade”, pelo que se prevê, “para breve”, o reforço do abastecimento de água para rega em Chã de Branquinho.

Nos últimos meses, para assegurar a actividade agrícola nesse vale, os agricultores em Chã de Branquinho, um dos principais vales agrícolas no Porto Novo, têm vindo a socorrer-se da água da nascente, cujo caudal tem estado, porém, a diminuir.

Tanto em 2015, por altura do furacão Fred, como em 2016, durante a tempestade de Setembro, a barragem subterrânea de Chã de Branquinho, construída, em 2012, no âmbito do projecto de reordenamento da bacia hidrográfica de Alto Mira, sofreu danos consideráveis.

Igualmente, o MAA acredita que, ainda no decurso deste mês, o fornecimento de água para a irrigação em Ribeira da Cruz, também no interior do município, vai estar regularizado, com o equipamento do primeiro furo executado nessa localidade, no quadro do programa de emergência, que surge na sequência das cheias que assolaram Santo Antão, em Setembro de 2016.

O programa de emergência, lançado em Fevereiro, e cuja conclusão se prevê para Setembro, atribui a Porto Novo um montante de 130 mil contos, para a recuperação das infra-estruturas e terrenos agrícolas danificados durante a tempestade.

Numa primeira avaliação do programa, o MAA diz-se “satisfeito” com o andamento das obras no concelho do Porto Novo.

JM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos