Porto Novo/Agricultura: Passo seguinte vai ser aposta na qualidade para conquista do mercado nacional – MAA (c/áudio)

Porto Novo, 27 Out (Inforpress) – Agricultores em todos os vales agrícolas no Porto Novo, Santo Antão, vão poder, até Dezembro, usufruir de água para rega a um custo baixo graças ao equipamento de todos dos furos existentes neste concelho com sistemas fotovoltaicos.

Com esses investimentos, feitos sobretudo no quadro do Poser (programa de promoção das actividades socio-económicas rurais), o “passo seguinte”, segundo o delegado do Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA) no Porto Novo, Joel Barros, é “aposta na qualidade” de produção para se poder “ganhar mercado que é concorrencial”.

“Passo seguinte é aposta na qualidade, sem a qual dificilmente podemos ganhar o mercado, mesmo com as perspectivas de levantamento do embargo imposto aos produtos agrícolas de Santo Antão”, entende Joel Barros.

O delegado do MAA admite que há possibilidade de o Governo avançar com o levantamento do embargo, imposto desde 1984 aos produtos agrícolas de Santo Antão, por causa da praga dos mil-pés, medida que, a seu ver, continua a constituir “um constrangimento” para os agricultores santantonenses.

Mas, mesmo com o fim dessa medida de quarenta, os agricultores terão de produzir com qualidade “senão teremos algum entrave para ganhar o mercado” a nível do país para os produtos agrícolas de Santo Antão.

O delegado do MAA referiu-se ainda ao “momento particularmente difícil” para os agricultores de Manuel Lopes, vale cuja actividade agrícola tem sido afectada, desde o mês de Maio, com penúria de água devido à uma avaria no furo dessa localidade.

O furo vai ser dotado de novos equipamentos que, já a partir da próxima semana, começam a ser instalados, segundo este responsável.

JM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos