Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Porto Novo: Agricultores voltam a manifestar-se contra pagamento da taxa RTC pelos furos

Porto Novo, 24 Out (Inforpress) – Vários sistemas de produção de água (furos) no concelho do Porto Novo continuam a pagar a “taxa RTC”, facto que está a deixar descontentes os agricultores que, nos últimos anos, têm exigido a suspensão dessa taxa.

O sistema de produção de água no perímetro agrícola de Ponte Sul/Chã de Mato sempre pagou a taxa que é cobrada através das facturas de electricidade, explicou o representante dos agricultores, Augusto Fortes, para quem esta é uma “situação que desagrada” esta classe.

A mesma fonte lembrou que os agricultores já tentaram, por várias vezes, resolver o problema mas o facto é que a “taxa RTC” continua a constar das facturas de electricidade enviadas à classe que é obrigada, também, a pagar taxa de iluminação pública.

Situação idêntica verifica-se na Ribeira dos Bodes, onde todos os meses é cobrada a “taxa RTC” e da iluminação pública aos sistemas de produção de água para agricultura, conforme o porta-voz dos lavradores, Henrique da Luz.

Também, em Chã de Norte, os agricultores queixam-se do facto de serem obrigados a pagar essas taxas, informou o representante Ivanildo Santos.

Nessas comunidades, os próprios moradores reclamam também de estarem a pagar a “taxa RTC” sem que tenham acesso às emissões da Televisão de Cabo Verde.  

Em Casa de Meio, o líder associativo, Hipólito Lima, informou que os moradores estão a preparar um abaixo-assinado para reclamarem do pagamento da taxa por um serviço que não lhes é prestado.

JM/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos