Porto Novo: Acções financiadas pela cooperação portuguesa no âmbito do projecto jovens agricultores concluídas – ADPM

Porto Novo, 19 Nov (Inforpress) – As actividades financiadas pela cooperação portuguesa, através do Instituto Camões, no quadro do projecto “jovens agricultores” da Casa de Meio, no município do Porto Novo, estão concluídas, segundo os promotores deste projecto, financiado em 30 mil contos.

Com este projecto, promovido pela Associação para a Defesa do Património de Mértola (ADPM), Portugal, os 30 jovens agricultores da Casa de Meio vão ter acesso à terra, água a um custo baixo, materiais de rega gota-a-gota, além de um centro de transformação agro-alimentar.

Este projecto resultou ainda da parceria do Governo de Cabo Verde, da câmara do Porto Novo e do Sistema das Nações Unidas, através do GEF (Global Environment Facility).

A ADPM informou que, apesar de as acções financiadas pelo Instituto Camões já terem terminado, “o entusiasmo à volta deste projecto permanece intacto”.

“Exemplo disso tem sido o trabalho de transformação agro-alimentar com as mulheres das comunidades da Casa do Meio e do Planalto Norte, nomeadamente em Água das Patas, Chã de Feijoal e Bolona”, refere uma nota da ADPM, segundo a qual esta iniciativa visa ajudar essas mulheres a aperfeiçoem a transformação dos seus produtos para a comercialização, como licores, molho de tomate, compotas e doces.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos