Porto Novo: 100 famílias contempladas com Rendimento Social de Inclusão

Porto Novo, 03 Jan (Inforpress) – Uma centena de famílias no município do Porto Novo, em Santo Antão, beneficiam do Rendimento Social de Inclusão (RSI), numa parceria entre a edilidade e o Ministério da Família e Inclusão Social, segundo o edil, Aníbal Fonseca.

A atribuição do Rendimento Social de Inclusão a essas famílias em situação de pobreza extrema, demonstra a “forte intervenção” do município do Porto Novo, com mais de metade da população pobre, na área social, com o apoio do Governo.

Além disso, está concluído o Cadastro Social Único do Porto Novo, instrumento que representa o “retrato social” da população e que vai permitir ao Governo e à câmara municipal “traçar políticas sociais” para o concelho, conforme o autarca.

O rendimento social de inclusão, que abrange cerca de mil famílias em todo o arquipélago, foi fixado em cinco mil escudos, devendo permanecer inalterável nos primeiros três anos.

O Governo, com o Rendimento Social de Inclusão pretende cobrir a população que se encontra em situação de pobreza extrema e dar o devido acompanhamento a essas famílias, para que se tenha a desejada inclusão económica.

O acompanhamento é assegurado pelo Ministério da Família e Inclusão Social, em parceria com os serviços sociais das câmaras municipais.

Segundo dados oficiais, 51% da população do município do Porto Novo é considerada pobre. O Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável do município para os próximos dez anos, aprovado em Dezembro, propõe reduzir, “ao máximo”, esta taxa, com investimentos à volta de oito milhões de contos.

JM/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos