Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Portal das Finanças reforça transparência a nível da governação – vice-primeiro-ministro

Cidade da Praia, 03 Abr (Inforpress) – O Portal das Finanças (www.mf.gov.cv), apresentado publicamente hoje, vai melhorar o relacionamento entre o Ministério das Finanças e os cidadãos e, ao mesmo tempo, reforçar a transparência a nível da governação e na utilização dos recursos públicos.

A consideração é do vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças, Olavo Correia, para quem essa plataforma representa apenas uma parte visível de um processo de reforma que o Governo está a empreender para prestar melhor serviço aos cidadãos.

“Usar a tecnologia para estar mais próximo, para responder mais atempadamente, mas sobretudo, para respondermos com qualidade, termos um ministério mais transparente, mais interactivo no seu relacionamento com os cidadãos”, disse.

Olavo Correia adiantou que o Governo está a avançar para a factura electróncia, compras públicas electrónicas, janela única do comércio externo por forma a que os cidadãos possam ter um único ponto de entrada e um único ponto para tratar as questões que possam ter em relação ao Estado.

A intenção do Ministério das Finanças, acrescentou o governante, é ser um exemplo do ponto de vista da governação digital em Cabo Verde.

“Vamos continuar a investir de uma forma sustentada para lá chegar com apoio dos técnicos jovens recém-formados, ‘start up’, usando as tecnologias para servir melhor as empresas e as instituições”, indicou.

Segundo explicou, através desse portal as pessoas podem aceder a toda documentação das Finanças, pagar impostos, consultar a sua situação fiscal, solicitar informações, pedir documentos fiscais, facilitando a vida dos cidadãos e dos contribuintes.

Por outro lado, vai reforçar a transparência na medida em que todas as informações geradas no Ministério das Finanças são publicadas, podendo os cidadãos acede-las e questionar quando quiserem ou quando houver alguma dúvida.

Da parte do ministério adiantou que haverá toda a abertura para interagir e facultar a informação necessária para que todos possam ter a confiança no Governo e, sobretudo, garantir transparência na utilização dos recursos públicos.

A plataforma www.mf.gov.cv reúne os vários websites dispersos das orgânicas do Ministério das Finanças.

“Tem um portal master, o do Ministério das Finanças e depois tem quatro portais temáticos: da Direcção Nacional de Receitas do Estado, da Direcção-Geral do Tesouro, Direcção Nacional de Administração Pública e das Compras Públicas electrónicas”, explicou o coordenador da Unidade das Tecnologias de Informação e Comunicação, Carlos Pina.

O Portal das Finanças contou com o financiamento da União Europeia (UE) no quadro do apoio institucional que é disponibilizado aos autoridades cabo-verdianas.

Para a embaixadora da UE, Sofia Moreira de Sousa, trata-se uma boa solução para tornar os serviços das Finanças mais capazes de responder as necessidades do país.

MJB/CP

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos