Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Pompeo não exclui que Putin participe numa cimeira alargada do G7

Washington, 01 Jul (Inforpress) – O chefe da diplomacia norte-americana, Mike Pompeo, não excluiu hoje que o Presidente russo Vladimir Putin possa ser convidado para uma cimeira alargada do G7, apesar de sublinhar que acompanha “seriamente” as actividades de Moscovo no Afeganistão.

“É o Presidente quem decide se pretende ou não pretende convidá-lo para uma cimeira”, declarou o secretário de Estado dos EUA em conferencia de imprensa, e quando Donald Trump foi criticado pela intenção de convidar Putin para esta cimeira dos países industrializados, apesar de Moscovo ser acusado e ter oferecido recompensas aos talibãs para matarem tropas norte-americanas e ocidentais no Afeganistão.

“É a ele [Donald Trump] que compete tomar essa decisão” disse Pompeo, acrescentando: “Mas estou convencido que é absolutamente importante que tenhamos contactos mais frequentes com os russos”.

Segundo os ‘media’ norte-americanos, agentes russos distribuíram dinheiro a combatentes “próximos dos talibãs” para que matassem soldados norte-americanos ou da NATO no Afeganistão.

A Rússia e os talibãs desmentiram estas informações, mas Pompeo indicou que os Estados Unidos vigiam desde há muito as actividades de Moscovo no Afeganistão.

“Quando vemos informações credíveis que sugerem que a Rússia coloca vidas norte-americanas em perigo, respondemos de forma séria”, declarou. “Nós advertimo-los, nós falamos com eles? A resposta é: claro que o fazemos”.

“Levámos isto a sério. E foi gerido de forma adequada. Desde há dez anos que os russos vendem armas que colocam os norte-americanos em perigo. Exprimimos o nosso desacordo”, acrescentou.

De acordo com os ‘media’, que citam fontes anónimas dos serviços secretos dos EUA, estas informações foram transmitidas a Trump, e o Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca discutiu o tema em finais de Março mas sem que tenha sido adoptada qualquer acção.

Em paralelo, e no início de Junho, Trump voltou a propor que o seu homólogo russo Vladimir Putin seja convidado para a próxima cimeira do G7, após ter sido excluído deste conclave em 2014, até então designado por G8, devido à anexação da península da Crimeia.

Inforpress/Lusa/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos