Polícia Marítima certifica formadores em navegação e manutenção de embarcações

Cidade da Praia, 21 Dez. (Inforpress) – A Polícia Marítima conta, a partir de hoje, com dez efectivos certificados na qualidade de formadores em navegação e manutenção de embarcações, no quadro do projecto de cooperação “Africom” existente entre Cabo Verde e Estados Unidos da América.

Esta formação teve a duração de cinco dias e enquadra-se no domínio da luta contra actividades ilícitas que decorrem nas zonas costeiras e orla marítima, e surge na sequência da oferta dos Estados Unidos da América de mais três embarcações, que se juntam a mais dez anteriormente oferecidas.

O comandante da Polícia Marítima, Orlando Garcia, explicou à Inforpress que com esta acção de formação ministrada por dois técnicos da empresa construtora das embarcações “Metal Shark”, especializados em reparação e manutenção de navios, os recém-formados estão capacitados a formarem os restantes efectivos da PM em matéria de navegação e manutenção de embarcações, a nível nacional.

Orlando Garcia disse que a formação decorreu na normalidade e que a Polícia Marítima, não obstante precisar de mais equipamentos, está razoavelmente equipada, tanto em termos de equipamentos como a nível de efectivos e a funcionar dentro da normalidade, para dar cobro à fiscalização e patrulhamento marítimo nas zonas costeiras em todas as ilhas.

“Temos vindo a concretizar esta situação e esperemos brevemente ir mais além. Contamos, para isto, com o apoio da Guarda Costeira, que tem embarcação de grande porte, no quadro de um trabalho complementar juntamente com outras instituições ligadas ao mar e à pesca”, especificou o comandante que tem a jurisdição a nível nacional.

Isto por acreditar que, doravante, a Polícia Marítima ganha mais capacidade de actuação, de fiscalização e de patrulhamento marítimo, já que passa a fazer a sua própria manutenção profunda das embarcações e o funcionamento de alguns equipamentos eléctricos e mecânicos.

A formação profunda, de acordo com o comandante, cingiu sobretudo à vertente prática no alto mar.

SR/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos