Polícia Judiciária e Polícia Nacional cercam dois prédios no bairro de Safende

 

Cidade da Praia, 29 (Inforpress) – A Polícia Judiciária (PJ), em parceria com a Polícia Nacional (PN), está a realizar, no bairro de safende, Cidade da Praia, uma mega operação, envolvendo inspecção em dois prédios.

A Inforpress ainda não conseguiu apurar as razões deste aparato policial na estrada que dá acesso ao interior de Santiago, mas tudo indica que pode estar relacionado com droga.

No passado 24, a PJ apreendeu, em S. Vicente, 1.157 quilogramas, que resultou na detenção de quatro homens. A cocaína detectada num iate interceptado na Marina do Mindelo.

Por outro lado, na tarde de quarta-feira, 23, o Tribunal da Comarca de São Vicente enviou para a Cadeia Central da Ribeirinha um cidadão sueco de 67 anos, que a PJ detee na segunda-feira, 21, no aeroporto de São Vicente, na posse de cinco quilogramas de cocaína.

A prisão preventiva foi decretada depois de um juiz ouvir o homem na condição de arguido detido, que agora irá aguardar pelos trâmites ulteriores do processo na Cadeia Central da Ribeirinha.

Em comunicado divulgado no Mindelo, a Polícia Judiciária (PJ) havia informado que o homem viajou num voo da TAP proveniente do Brasil e com escala em Lisboa (Portugal).

A polícia científica indicou no comunicado que a droga, “de elevada pureza”, vinha disfarçada em pequenas embalagens para produtos de beleza.

Esta é a quarta detenção de cidadãos estrangeiros que a Judiciária faz em São Vicente entre Junho de 2016 e Agosto de 2017.

Em Julho, a PJ procedeu à queima, na Cidade da Praia, de cerca de 30 quilos de cocaína e quase três mil quilos de cannabis, que se encontravam depositados no cofre-forte da polícia científica.

Nos últimos anos, a PJ fez grandes apreensões de droga – os 1500 quilos da Lancha Voadora na Cidade da Praia, 521 quilos em São Vicente, e 280 quilos também na Cidade da Praia.

LC/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos