PN comemora 147º aniversário num ano em que se regista uma redução de 8% do índice da criminalidade

 

Cidade da Praia, 08 Nov (Inforpress) – A Polícia Nacional (PN) comemora , no dia 15 de Novembro , 147º aniversário da sua criação, num ano em que foi registada uma redução de 8% da taxa de criminalidade, depois de vários anos.

A afirmação foi feita hoje, em conferência de imprensa, pelo comissário da PN Domingos Gomes da Rosa, adiantando que as actividades para marcar os 147 anos da comemoração já estão a decorrer em todos os comandos da Polícia Nacional, abarcando a parte desportiva, recreativa e culturais, condecorações e entregas de equipamentos.

“Este ano é especial para a Polícia Nacional, por vários motivos, como por exemplo, o facto de ser um ano em que, depois de vários anos , foi registado uma redução no índice de criminalidade na ordem dos 8%”, afirmou o porta-voz, frisando que o Governo tem dado uma “atenção bastante especial” à corporação, com entrega de “importantes” ferramentas de trabalho.

Neste sentido, vão ser entregues 48 viaturas para o trabalho de patrulhamento auto das artérias de todo  o país e cinco embarcações doadas pela embaixada dos Estados Unidos da América (EUA) que vão servir o concelho do Tarrafal de Santiago, Maio, Fogo, Sal e Boa Vista, sendo que a ideia é, no horizonte de 2020, ter uma embarcação em todas as ilhas do país para o patrulhamento marítimo.

Para além do acto central, a ter lugar no dia 15 de Novembro, no Auditório Nacional, na Praia, e entrega das embarcações a acontecer no dia 14, tiros desportivos, jogos de mesa, doação de sangue por parte de 140 elemento da PN, e feira de saúde na localidade de São Francisco, estão a decorrer torneios de futsal masculino e feminino.

No acto central , um grupo de elementos da PN vai ser condecorado pelo Governo, vai haver cerimónia de promoções e progressões, assim como mais de 10 oficiais vão receber diplomas de licenciatura feita no Instituto de Ciências Policiais e Criminais de Angola, das mãos do próprio reitor da instituição.

Ainda enquadrado no programa das comemorações do 147º aniversário, prevê-se a inauguração, em Dezembro , do novo edifício da PN que vai albergar vários serviços, nomeadamente o Comando Regional da Praia, a esquadra policial de Palmarejo, a Direcção dos Serviços da Emigração e Fronteiras.

“São conjuntos de medidas que estão sendo tomadas para driblar a questão da criminalidade e aumentar o sentimento de segurança das populações”, sublinhou, destacando a implementação do modelo integrado de policiamento de proximidade e a implementação do sistema de vídeo vigilância, no âmbito do Projecto Cidade Segura.

Sem uma data concreta para o início do funcionamento do sistema, Domingos Gomes da Rosa garantiu, entretanto, que a implementação de vídeo vigilância vai contribuir, “amplamente”, para uma melhor segurança na capital do país, tendo em conta que é um sistema de vigilância que não implica a participação de dispositivos no terreno e sem a presença dos policiais.

“Foi realizado um trabalho de preparação com técnicos nacionais nos bairros, com várias visitas, para exactamente identificar os pontos estratégicos onde são colocadas as câmaras”, explicou, acreditando que com este sistema “muitas coisas vão melhorar na Cidade da Praia, em termos de segurança”

A primeira fase do Projecto Cidade Segura deverá entrar em funcionamento em Janeiro de 2018, apenas na Cidade da Praia, conforme as previsões do Governo, e a segunda fase deverá iniciar -se no segundo semestre de 2018, abrangendo as ilhas de São Vicente, Sal e Boa Vista.

DR/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos