Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

PM congratula-se com confiança do governo alemão em retirar Cabo Verde da classificação de “Alto Risco” (c/áudio)

Espargos, 23 Jun (Inforpress) – O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, congratulou-se com a confiança do governo alemão em afastar Cabo Verde da classificação de “Alto Risco” permitindo que turistas alemães venham ao País “sem necessidade de quarentena”, só com testes antigénico.

O anúncio foi feito esta terça-feira, no Sal, onde Ulisses Correia e Silva permaneceu por um período de 48 horas, durante um encontro com os empresários locais, no final da tarde.

Para o chefe de governo esta decisão é de “tal forma significativa” que poderá abrir a possibilidade de outros países “verem com outros olhos” o que se está a fazer em Cabo Verde a nível do combate à pandemia da covid-19.

“Estamos a fazer uma boa gestão da pandemia, um processo de vacinação que pode conduzir a uma maior abertura da nossa economia brevemente”, considerou.

Ainda no encontro com os empresários, Ulisses Correia e Silva, anunciou, por outro lado, um conjunto de medidas que o Governo está a trabalhar para ser aprovado, “brevemente”, no Conselho de Concertação Social, que tem a ver com a retoma do lançamento da actividade económica e turística, a reestruturação e saneamento de empresas que “incorreram a custos extraordinários” durante esta pandemia, conforme analisou.  

“Para que as empresas possam estar em condições de sobreviver e serem relançadas, utilizando um conjunto de instrumentos que já temos criado para que possamos fazer a retoma, protegendo o emprego e as empresas. É esta mensagem de confiança que quis aqui passar aos empresários no Sal”, referiu, acreditando que após o Conselho de Concertação Social, o Governo estará em condições de operacionalizar um conjunto de medidas de protecção, apoio e de relançamento da actividade económica das empresas, no País.

Por forma a tranquilizar os operadores económicos na ilha do Sal, Ulisses Correia e Silva assegurou, também, que as moratórias, lay off e linhas de crédito não serão descontinuadas, isto é, poderão ser prorrogadas durante a fase que se entender necessário para a manutenção  da protecção.

“Quer dizer que vamos prorrogar as moratórias, assim como o lay off, no sentido de fazer com que haja uma sincronização entre a continuidade das medidas de protecção e a saída dessas medidas, à medida que formos avançando no relançamento das actividades económicas, no relançamento da actividade das empresas”, concretizou.

Ulisses Correia e Silva veio propositadamente ao Sal receber o presidente de Angola, João Lourenço, e aproveitou esta sua deslocação para se inteirar também da situação sanitária, tendo visitado os diferentes postos de vacinação, manifestando-se animado com o ritmo de vacinação na ilha.

SC/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos