Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Plataforma das ONG capacita associações comunitárias em prestação de contas e monitorização

Cidade da Praia, 18 Ago (Inforpress) – A Plataforma das ONG promoveu hoje uma acção de formação on-line sobre prestação de contas e monitorização, destinada a 22 associações comunitárias a nível nacional, afectadas pela pandemia do novo coronavírus.

Em declarações à Inforpress, a secretária executiva da Plataforma das Organizações Não Governamentais (ONG), Dirce Varela, explicou que esta acção de capacitação foi realizada em parceria com o Ministério da Família e Inclusão Social, visando promover a inclusão produtiva de pequenos negócios informais.

“Esta formação envolveu 22 associações comunitárias que foram seleccionadas com os seus projectos, no âmbito do edital do Ministério da Família. Foi um edital muito específico para essa época de covid-19, para responder às necessidades das famílias e comunidades que perderam o poder de compra e que precisam de um reforço para as suas actividades financeiras”, elucidou.

O referido edital, segundo esta responsável, pretende promover a inclusão financeira de mulheres, principalmente das zonas rurais, adiantando que a maioria das associações existentes no País submeteram as suas candidaturas ao projecto.

Destacou a importância de as associações serem munidas de instrumentos que as ajudam no processo de prestação de contas e transparência na gestão da coisa pública, realçando que esta formação servirá, não só para projectos do Ministério da Família, mas também de outras áreas.

Dirce Varela avançou, ainda, que a Plataforma das ONG prevê realizar ao longo do ano, outras acções de formação, com destaque para a formação em elaboração de projectos e em comunicação, salientando, por outro lado, que a pandemia do novo coronavírus veio mostrar a necessidade do reforço da comunicação.

A Plataforma das Organizações não Governamentais de Cabo Verde foi criada a 06 de Julho de 1996, por ocasião da realização da Assembleia-geral constituinte que reuniu 32 das 40 ONG então existentes.

Ela surgiu no contexto de um dinâmico processo de organização e participação da sociedade civil que teve como referências principais a independência do País em 1975, a publicação da lei das associações em 1987 e a abertura política em 1991.

CM/DR
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos