Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

PJ detém dois últimos integrantes de “quadrilha suspeita de vários crimes” na cidade da Praia

Cidade da Praia, 07 Fev (Inforpress) – A Policia Judiciária deteve esta quinta-feira, mais dois indivíduos integrantes de uma “quadrilha suspeita da prática de vários crimes” na Cidade da Praia, incluindo homicídio na forma tentada, roubo com violência contra pessoas, extorsão e crime de armas.

Em comunicado, a PJ explica que a detenção dos dois indivíduos, com 23 e 32 anos, residentes em Eugénio Lima e Safende, respectivamente, aconteceu através da Secção de Investigação de Crimes Patrimoniais (SICP) – Brigada de Combate ao Banditismo, em cumprimento de mandados do Ministério Público.

Conforme a mesma fonte, os crimes aconteceram em Agosto de 2019, tendo os suspeitos, de comum acordo e em conjugação de esforços, mediante plano previamente arquitectado, resolvido assaltar pessoas que frequentavam um espaço de diversão nocturna na localidade de Palmarejo.

Na ocasião, avançou, usando da violência, os suspeitos subtraíram de dois emigrantes residentes na Holanda uma grande quantia em dinheiro, telemóveis e outros bens.

A PJ revelou ainda que a poucos metros do local, mediante uso de arma de fogo, os mesmos teriam assaltado e atirado contra um outro indivíduo, que acabou por ficar gravemente ferido e, na sequência disso, levaram uma mochila com todos os seus pertences.

“Na tarde do dia 02 de Janeiro do corrente ano, os suspeitos, considerados indivíduos extremamente perigosos, que se dedicam à prática de crimes de roubo com violência sobre pessoas, teriam abordado uma das vítimas com o intuito de amedrontá-la e, consequentemente, extorquir dinheiro”, lembrou a PJ.

Os detidos foram presentes ao Tribunal da Comarca da Praia esta sexta-feira para o efeito do primeiro interrogatório judicial de arguidos detidos e aplicação de medidas de coação.

Os outros três indivíduos integrantes da mesma “quadrilha”, segundo a polícia científica, foram detidos no dia 24 de Janeiro, tendo dois deles ficado em prisão preventiva.

WM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos