Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Pessoas com níveis de colesterol alto têm mais dificuldades em responder aos tratamentos do câncer – investigadora (c/áudio)

Cidade da Praia, 25 Out (Inforpress) – As pessoas com os níveis de colesterol alto têm mais dificuldades em responder aos tratamentos do câncer, disse hoje na Cidade da Praia a investigadora cabo-verdiana Neidy Rodrigues, que também recomenda uma reeducação alimentar.

Este é, segundo a investigadora, o resultado de um estudo que elaborou no âmbito do seu doutoramento em Biomedicina no Instituto de Medicina Molecular, em Portugal.

Neidy Rodrigues falava à Inforpress, depois de fazer uma apresentação numa conferência sobre os desafios e oportunidades para jovens cientistas, que decorre durante hoje e sexta-feira, na Universidade Jean Piaget, no âmbito do evento “Next Einstein Fórum – África Science Week”, evento que acontece na capital do país sob o lema “The next Einstein will come from Africa”.

“O meu projecto é verificar se os níveis altos de colesterol tinham algum efeito sobre a nossa defesa”, informou Neidy Rodrigues, dando conta que, antes de chegar ao laboratório, já tinha sido demostrado que os altos níveis de colesterol favorecem o crescimento do cancro da mama.

Então, afirmou a também professora na Universidade de Cabo Verde (Uni-CV), que pôs-se a hipótese que o colesterol poderá ter efeito negativo sobre a resposta imunitária.

“As células doentes usam o colesterol para se dividirem mais e começar a invadir outros órgãos”, concluiu, reforçando que as pessoas que têm níveis de colesterol alto, se no caso desenvolverem câncer, mais difíceis irão responder aos tratamentos.

Aquela pesquisadora aproveitou ainda para recomendar uma reeducação alimentar.

“É preciso ter muito cuidado com o que nós vamos comer e evitar os alimentos processados, as gorduras saturadas, aquelas gorduras que não só pode beneficiar as células do cancro, mas também causar outras doenças como as cardiovasculares e o AVC”, ajuntou.

Para Neidy Rodrigues, é preciso ter “muito cuidado” com a alimentação porque “as pessoas são o que comem”.

GSF/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos