Pelo menos 17 mortos e vários desaparecidos por chuvas torrenciais na Jordânia

Amã, 25 Out (Inforpress) – Pelo menos 17 pessoas morreram, a maioria estudantes que iam numa visita de estudo, e dezenas ficaram feridas ou estão desaparecidas devido às chuvas torrenciais seguidas de inundações junto ao mar Morto, na Jordânia, anunciaram hoje autoridades locais.

Segundo o mais recente balanço do departamento de defesa civil da Jordânia, foram contabilizados, até ao momento, 17 mortos, mas o número tem vindo a aumentar nas últimas horas.

Grande parte destas vítimas são estudantes que seguiam de autocarro para uma visita de estudo quando o veículo foi levado pela corrente em inundações na zona do mar Morto, precisou o departamento de defesa civil da Jordânia em comunicado.

O acidente ocorreu a 50 quilómetros a oeste de Amã, a capital da Jordânia.

Existem também vários desaparecidos, pelo que o número de mortos poderá voltar a aumentar.

O mais recente balanço das autoridades dá ainda conta de 25 feridos, sem precisar qual a gravidade.

O primeiro-ministro da Jordânia, Omar al Razaz, e outros membros do executivo estão no local a acompanhar as operações de resgate da Defesa Civil e do Exército.

Entretanto, Israel enviou para o país vizinho, a Jordânia, uma equipa para ajudar nas operações de resgate.

Lusa/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos