Pelo menos 14 mortos em ataque no Burkina Faso

Ouagadougou, 05 Jan (Inforpress) – Pelo menos 14 civis foram mortos na segunda-feira num ataque que foi atribuído a ‘jihadistas’ no norte do Burkina Faso, anunciou o exército do país em comunicado.

“Na noite de 03 para 04 de Fevereiro, um ataque terrorista em Kain causou 14 vítimas civis entre a população”, disse o director de comunicação do exército, coronel Lamoussa Fofana, em comunicado.

O ataque ‘jihadista’, que ocorreu em Kain, uma cidade na província de Yatenta, na fronteira com Mali, é um dos mais graves registados no país.

Segundo o documento, em reacção ao ataque, as forças de defesa e de segurança nacional realizaram operações em Kain, Banh e Bomboro.

“A resposta das forças de defesa e segurança resultou numa operação terrestre e aérea, o que permitiu neutralizar 146 terroristas nos três locais”, acrescenta, com uma fonte militar a confirmar à agência France-Presse que o termo neutralizar significava matar.

O registo de ataques ‘jihadistas’ no Burkina Faso aumentou para quase 300 desde 2015.

Lusa/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos