Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Peixeiras da localidade de Porto Mosquito e São João Baptista contempladas com 20 arcas frigoríficas (c/áudio)

Cidade da Praia, 16 Jul (Inforpress) – A Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago procedeu hoje à entrega de 20 arcas frigoríficas às peixeiras de Porto Mosquito e São João Baptista, para ajudar na melhoria de condições de conservação do pescado.

À margem da cerimónia de entrega dos kits, o presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago, Nelson Moreira, afirmou que após identificar os problemas que afectam a comunidade de Porto Mosquito, a autarquia local decidiu apoiar as famílias cujo rendimento provém da pesca.

“Sendo uma época alta em relação à pesca, esta foi uma forma que encontramos para apoiar famílias da comunidade com a entrega dessas arcas frigoríficas por forma a terem meios de conservação dos pescados, porque muitas peixeiras têm feito a conservação utilizando as arcas de outras pessoas”, referiu, salientando que esta iniciativa irá contribuir na promoção do empoderamento das famílias locais.

A localidade de Porto de Mosquito, segundo o autarca, está em condições em termos de garantia de electricidade, permitindo assim que as peixeiras consigam dar o melhor tratamento aos produtos que depois são comercializados.

Realçou, por outro lado, que a edilidade ribeira-grandense tem identificado um conjunto de áreas de actividades geradoras de rendimento, que igualmente carecem de implementação de políticas sociais activas e eficazes, salientando que a câmara municipal tem em curso o projecto Banco Social, criado para melhorar as condições de vida das famílias vulneráveis do município.

Informou ainda que no âmbito do referido projecto, brevemente será inaugurada uma Loja Social, um projecto que, segundo avança, irá apostar na entrega de donativos de vários géneros às famílias em situação de vulnerabilidade no referido concelho.

Por seu turno, a representante da Associação de Peixeiras de Porto Mosquito, Nair Lopes, congratulou-se com a iniciativa da Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago, realçando que a partir de agora as famílias beneficiadas estão melhor preparadas para garantir a conservação dos pescados.

“Esta é uma grande ajuda porque arcas frigoríficas são essenciais para o nosso sector. Aqui a maioria das peixeiras necessita ter uma arca porque, como sabemos, a nossa comunidade é piscatória e durante a época alta não temos a possibilidade de conservar o pescado e muitas vezes, recorremos a terceiros para conservar os nossos pescados, mas agora podemos fazer isso na nossa própria casa”, realçou.

CMZS

Inforpress/Fim.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos