Paul: Muro de protecção da cidade das Pombas em estado avançado de degradação para a aflição das famílias

Porto Novo, 01 Ago (Inforpress) – O estado avançado de degradação do muro de protecção da cidade das Pombas, no Paul, Santo Antão, está a inquietar os paulenses, que voltam a alertar para o facto de esta situação colocar “em perigo moradias e vidas humanas”.

Alguns moradores lembram que, “já por várias vezes”, o Governo e a edilidade paulense prometeram realizar as obras na orla marítima dessa cidade, com vista à protecção das casas da acção do mar, mas “até agora, nada fizeram” para tranquilizar as famílias.

Porém, o edil do Paul, António Aleixo, garante que o projecto da requalificação da orla marítima e protecção da cidade das Pombas começa a ser implementado ainda no decurso 2019.

O projecto, orçado em 120 mil contos, vai ser implementado por fase, devendo a primeira fase iniciar-se este ano, explica o autarca, tranquilizando, assim, as famílias.

O próprio Governo admite que a protecção da cidade das Pombas constitui “um problema muito sério”, cuja resolução está prevista no quadro do projecto de requalificação da orla marítima dessa urbe, a ser lançado ainda em 2019.

Em 2015, o então Governo lançou as obras de construção do muro de protecção da cidade das Pombas, estimadas, nessa altura, em 15 mil contos, mas não chegaram a avançar.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos