Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Paul/Festa do Município: Paróquia de Santo António das Pombas adapta celebrações às exigências da pandemia

Cidade das Pombas, Paul, 12 Jun (Inforpress) – A paróquia de Santo António das Pombas celebra o dia dedicado ao seu patrono, 13 de Junho, com um programa adaptado às exigências impostas pelas autoridades sanitárias para impedir a disseminação do novo coronavírus, causador da covid-19.

As principais actividades religiosas não deixaram de ser agendadas para este período, mas com as adaptações possíveis para a sua realização respeitando as restrições actuais.

É o caso da peregrinação da imagem de Santo António que, habitualmente, percorre o concelho de localidade em localidade até à sua entrada festiva na cidade das Pombas, no dia 12 de Junho, acompanhado de tamboreiros, coladeiras e outros peregrinos que transportam a imagem, a pé, desde o Cabo da Ribeira num percurso de, aproximadamente, 10 quilómetros.

Segundo o pároco daquela paróquia, padre José Júlio Fortes, conhecido por “padre Julinho”, este ano a paróquia optou que distribuir uma imagem para cada localidade para evitar o contacto social que a passagem do santo de localidade para localidade implica.

Este ano, a peregrinação desde o Cabo da Ribeira será feita de carro, com um andor instalado na viatura dos Bombeiros Voluntários do Paul, e percorrerá não só o percurso habitual mas também até Janela e Estância antes de chegar à Igreja Paroquial.

O padre Julinho alertou os fiéis que queiram participar de carro que devem seguir as indicações das autoridades sanitárias e, no caso dos hiaces, a respeitarem o número autorizado de sete pessoas com máscara.

Ainda hoje será celebrada a missa no miradouro de Santo António, sobranceiro à cidade das Pombas, mas com número reduzido de pessoas.

A missa solene do dia de Santo António vai ser celebrada no pátio do novo liceu António Januário Leite e o padre Julinho advertiu que as portas poderão ser fechadas se o número de pessoas exceder o recomendado pelas autoridades por razões de segurança.

O Paul é um concelho que se situa no extremo nordeste da ilha de Santo Antão, tem 54,26 quilómetros quadrados (km²) de superfície e uma população de 5.647 habitantes, em 2018, menos 142 que no ano anterior, com 57,9 por cento (%) de indivíduos de sexo masculino e 42,1 % de sexo feminino, com idade média de 33,6 anos, segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Segundo a mesma fonte, a população do Paul representa 14,6% do total da ilha de Santo Antão e está reunida em 1.816 agregados familiares.

A taxa de ocupação da população activa é de 46,0% e a taxa de desemprego de 6,8%, com o desemprego jovem (15-24 anos) na casa dos 24,5%.

O Paul tem uma taxa de alfabetização de 74,8% na faixa etária superior a 15 anos mas a taxa sobe para 95,5% na faixa etária dos 15-24 anos.

Ainda citando uma brochura divulgada pelo INE no dia da festa do município do Paul de 2019, o quesito das condições de vida indica que 87,8% da população tem acesso à electricidade, 74,3% tem casa de banho, 78,2% tem acesso à água da rede pública, 73,9% usa contentores, 65,0% usa gaz butano e 29,0% usa lenha para cozinhar.

HF/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos