Paul: AGEPC-CV promove encontro de reflexão sobre “Economia de Francisco no contexto da covid-19”

Cidade das Pombas, Paul, 10 Jun (Inforpress) — A Associação de Gestores, Empresários e Profissionais Católicos de Cabo Verde (AGEPC-CV) promoveu hoje, no Paul, um encontro de reflexão com empresários sobre o tema “Economia de Francisco no Contexto da COVID-19”.

Em declarações à imprensa, a presidente da AGEPC-CV, Miluci Santos, explicou que o evento visa levar a doutrina social da igreja dentro do mundo empresarial e do trabalho.

Isso porque, conforme a mesma fonte, a economia de Francisco é uma economia virada para as pessoas.

“Trabalhamos junto do empresário, levamos essa menagem, sobretudo nessa economia de luxo que precisa ser trabalhada, principalmente no que tange à dignidade das pessoas, o bem comum, solidariedade e sustentabilidade”, frisou.

Por isso, segundo Miluci Santos, o tema “Economia de Francisco no Contexto da COVID-19” tende a “levar” os jovens, sobretudo os economistas, decisores e dirigentes a “refletir” sobre a economia, visto que, agora com a guerra, a economia tem que “encontrar” um outro “paradigma”.

A AGEPC-CV foi criada em Março de 2015, e define-se como uma associação de cariz privada, de fiéis católicos, sem fins lucrativos, dotada de personalidade jurídica no foro canónico e civil.

A AGEPC-CV e os seus membros orientam-se pelos princípios de solidariedade e ajuda mútua, voluntariado, equidade e justiça social, e regem-se por alguns objectivos, nomeadamente, fomentar a solidariedade humana, realizar actividades de formação, colaborar com as instituições, públicas, religiosas, contribuindo para melhoria das condições de vida das populações mais desfavorecidas.

Propõe ainda estabelecer parcerias com os poderes públicos, o sector privado e os actores sociais no desenvolvimento das suas actividades.

LFS/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos