Patrulheiro espanhol “Infanta Cristina” termina missão na Cidade da Praia e zarpa para Mindelo

 

Cidade da Praia, 27 Ago (Inforpress) – O navio de guerra espanhol “Infanta Cristina” parte hoje para a Ilha de São Vicente, depois de dois dias na Cidade da Praia em exercícios com as Forças Armadas no domínio da vigilância conjunta dos espaços marítimos.

O comandante do navio, Juan Pardal, disse hoje à Rádio de Cabo Verde (RCV) que a experiência tem sido “fantástica” com as Forças Armadas de Cabo Verde, mais concretamente na vigilância do território marítimo do arquipélago..

Este comandante, que participou na libertação do Kuwait, adiantou que é com “muita pena” que vai deixar a Cidade da Praia, rumo a Mindelo, para a continuação dessa missão que termina a 31 de Agosto .

Em relação à missão na Cidade da Praia disse que foi realizada uma patrulha combinada com as Forças Armadas de Cabo Verde durante três dias, considerando que a coordenação foi “muito boa”.

O “Infanta Cristina”, que foi concebido para navegar no alto mar durante longo período de tempo, saiu no passado dia 16 de Agosto da sua base, no Arsenal Militar de Cartagena, Espanha, para efectuar vigilância na costa ocidental da África e do Golfo da Guiné nos próximos quatro meses, a começar pelo Cabo Verde.

Esta visita, segundo uma nota de imprensa, é um exemplo da excelente cooperação existente entre Espanha e Cabo Verde, em matéria de segurança, incrementando conjuntamente em cada visita o conhecimento mútuo, assim como identificar riscos comuns no domínio marítimo.

O patrulheiro que chegou à Cidade da Praia, na passada sexta-feira, 25, e parte hoje para a Ilha de São Vicente, onde dará continuidade à missão, que termina no dia 31 de Agosto.

OM/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos