Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Partido Social Democrático realiza “em breve” o seu segundo congresso – coordenador politico

 

Cidade da Praia, 14 Jun (Inforpress) – O Partido Social Democrático (PSD) vai realizar em “breve” o seu segundo congresso para “revitalizar” o partido, anunciou hoje na Cidade da Praia, o coordenador político José Rui Além.

Instado pela Inforpress, o coordenador político do PSD não avançou uma data concreta para a realização do congresso, limitando-se a dizer que será “brevemente” na Cidade da Praia, onde fica a sede do partido.

Segundo ele, a criação de estruturas do PSD em todos os concelhos do país é um dos objectivos a atingir.

Uma candidatura de José Rui Além à liderança do PSD, de acordo com mesmo, está fora de questão.

“Não vou ser candidato”, garantiu o coordenador político do PSD, partido cujo líder é, neste momento, João Além, por sinal, o pai dele.

“Queremos devolver à democracia a opinião ampla, diversificada para que as pessoas possam livremente escolher, em consciência, nas épocas das eleições”, indicou aquele dirigente político, acrescentando que o seu partido não quer aparecer “apenas na época das campanhas”, uma vez que é nessa altura que a televisão lhes dá “algum crédito”.

“A partir de agora, como se diz, a nossa luta vai ser taco-a-taco”, sublinhou Rui Além, avisando que enquanto as pessoas “estão desiludidas” com os partidos com assentos parlamentares (Movimento para a Democracia (poder) Partido Africano da Independência de Cabo Verde e a União Cabo-Verdiana Independente e Democrática, ambos oposição), os pequenos vão ter a oportunidade de “aumentar o seu score de militantes”.

Relativamente à decisão da Autoridade Reguladora para a Comunicação Social (ARC), que deu razão ao PSD, na sequência de uma queixa contra a Rádio de Cabo Verde (RCV) e a Televisão de Cabo Verde (TCV), por “preterição e discriminação sistemática” nos programas informativos e de debates, José Rui Além congratulou-se com a medida.

“O que queremos é que haja maior liberdade de expressão de todos os partidos, porque é direito do cidadão ser informado. Se o cidadão não for informado, estamos a violar o direito à informação”, concluiu, lembrado que o seu partido estava a ser “impedido de fazer isso”.

Na sua deliberação de 25 de Maio, a ARC instou a RCV e a TCV a adoptar soluções que permitam uma maior presença e pluralidade nos espaços de opinião e de debate de outros movimentos, partidos políticos e correntes de opinião existentes na sociedade cabo-verdiana.

A queixa do PSD contra a RCV e a TCV, ambos órgãos públicos, deu entrada na autoridade reguladora no dia 05 de Abril último.

LC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos