Parlamento cabo-verdiano aprova voto de pesar pelas vítimas dos incêndios florestais em Portugal

 

Cidade da Praia, 27 Jun (Inforpress) – O Parlamento cabo-verdiano votou hoje, por unanimidade, um voto de pesar em homenagem às vítimas dos recentes incêndios florestais Portugal, que provocaram 64 mortos e mais de 200 feridos, seguido de um minuto de silêncio.

“Este é o momento de união de toda a nação lusófona e Cabo Verde, pelos vínculos históricos e culturais indestrutíveis com Portugal, pela presença significativa e marcante da nossa comunidade em terras lusas, e pela excelência das relações de cooperação com Portugal, está de corpo e alma com os portugueses neste momento de dor e perda irreparável”, lê-se  no comunicado do voto de pesar.

Segundo o documento, adoptado por todos os partidos políticos com assento parlamentar, o Parlamento tem acompanhado com “atenção e interesse”, a evolução dos “trágicos acontecimentos”, tendo manifestado, “desde a primeira hora”, a sua solidariedade para com o povo português, através da Assembleia da República de Portugal.

Os incêndios que deflagraram na região Centro, a 17 de Junho, provocaram 64 mortos e mais de 200 feridos, e só foram dados como extintos no sábado.

Mais de dois mil operacionais estiveram envolvidos no combate às chamas, que consumiram 53 mil hectares de floresta, o equivalente a cerca de 53 mil campos de futebol.

Das vítimas do incêndio que começou em Pedrógão Grande, pelo menos 47 morreram na Estrada Nacional 236.1, entre Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos, concelhos também atingidos pelas chamas.

O fogo chegou ainda aos distritos de Castelo Branco, através da Sertã, e de Coimbra, pela Pampilhosa da Serra.

LC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos