Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

PAICV pede “mais atenção” à comunidade de Vale da Custa em São Domingos

Cidade da Praia, 21 Nov (Inforpress) – A Comissão Política Regional (CRP) de Santiago Sul do PAICV quer “mais atenção” à localidade de Vale da Custa, no município de São Domingos, onde esteve hoje em reunião descentralizada.

Em declarações à Inforpress durante a visita aos moradores, que antecedeu a reunião, o vice-presidente da CPR, Manuel Brito, disse que foram confrontados com diversos problemas, com destaque para a falta de água, o desemprego jovem e as dificuldades no acesso à saúde.

“Tendo em conta que é uma zona cuja actividade predominante é a pecuária, as pessoas necessitam de alguma quantidade de água para o abastecimento doméstico e também para dar aos animais. Então os moradores apresentaram essa situação que os tem inquietado há algum tempo”, disse.

No que se refere à água, Manuel Brito disse que aproveitaram para deixar uma “mensagem de tranquilidade” à população, informando-a de que a Câmara Municipal de São Domingos, cuja equipa é suportada pelo PAICV, está a mobilizar parcerias para levar água canalizada na zona de Vale da Custa.

O vice-presidente da CRP Santiago Sul do PAICV adiantou que durante o primeiro ano de mandato a nova equipa camarária sandominguense trabalhou na mobilização de recursos tendo já conseguido levar água para quase todas as zonas de Freguesia de Nossa Senhora da Luz, faltando apenas as zonas de Dobi, Tinca e Vale da Custa.

“Neste sentido informamos às pessoas que está em curso um projecto de mobilização de água para trazer água para as famílias de Vale de Custa e resolver definitivamente esse problema na Freguesia de Nossa Senhora da Luz”, contou.   

Outro problema com o qual os representantes do principal partido da oposição foram confrontados foi o acesso à saúde, com as pessoas, sobretudo, os doentes crónicos a queixaram-se da demora na marcação das consultas, uma preocupação que vão levar para o conhecimento das autoridades competentes e exigir “mais atenção” à comunidade.

O desemprego jovem, o aumento do preço dos produtos e melhorias nas vias de acesso que liga localidade às outras zonas de Nossa Senhora da Luz  foram outras preocupações apresentadas.

A reunião descentralizada teve na ordem do dia a análise da situação política e da proposta de Orçamento do Estado para 2022.

Foi também oportunidade para fazer avaliação do primeiro ano do mandato das três câmaras municipais que integram a região de Santiago Sul, designadamente Praia, São Domingos e Ribeira Grande de Santiago, todas sob a liderança do PAICV.

Manuel Brito disse para já que o balanço é “positivo”, salientando que os presidentes das três autarquias autarcas estão a fazer um “trabalho extraordinário”, pelo que afirma que o PAICV incentiva-os a continuar na mesma linha para dar resposta às necessidades da população da região política de Santiago Sul.

MJB/AA

Inforpress/Fim 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos